• Estava com Saudade de Ti – Eliana Ribeiro
  • Que Santidade de Vida – Mons. Jonas
  • Adeus Ano Velho Feliz Ano Novo
  • NOSSA MISSÃO / ADRIANA ARYDES
  • DAI-ME FORÇAS / Banda Chama

CENTRO DE PASTORAL SÃO JOÃO BATISTA

Postado por Pe Moacyr Ramos Nogueira em 07/set/2018 - Sem Comentários

Dados Históricos

Bênção da Pedra fundamental em 5 de março de 2016

Foi no breve e fecundo período em que Padre José Antônio Nogueira foi Pároco da Catedral de São João Batista, em Caratinga (2006-2007), desejando atender à grande necessidade da Paróquia que era possuir um local adequado para a Catequese das crianças e dos jovens, que foi por ele adquirido de Edna de Paula Maciel Santos e Jair dos Santos, o terreno onde hoje se localiza o Centro de Pastoral São João Batista.

Com área total de 550,80 m, situado na Praça Cesário Alvim, nº 311 (Fundos), logo atrás da Catedral, esse terreno custou à Paróquia de São João Batista a importância de R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais).

Mas a Escritura deste terreno só foi passada pelo substituto imediato de Pe. José Antônio, ou seja, pelo Padre David José Gonçalves (2007-2012), aos 11 de dezembro de 2007.

Pe. Ademilson Tadeu Quirino, Pároco da Catedral (2012-2015), deixou vaga a Paróquia, para fazer o Curso de Mestrado de Liturgia, em São Paulo. Saiu-se tão bem que, terminado o Mestrado, foi aconselhado por seus professores a fazer também o Doutorado em Liturgia, no Rio de Janeiro, onde ainda se encontra. Então, nosso querido Bispo Diocesano, Dom Emanuel Messias de Oliveira foi buscar Pe. Moacir em Iapu, para substituí-lo.

Pe. Moacir Ramos Nogueira nasceu aos 08/04/1979, em Mutum. Estudou com os Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora, até o termino do curso de filosofia e no nosso Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, o curso de teologia. Foi ordenado Presbítero aos 20/08/2011. Recém ordenado, Pe. Moacir foi Vigário Cooperador em Iapu e São João do Oriente, cinco meses depois, Pároco de Santo Estêvão de Iapu, fevereiro de 2012 a dezembro de 2015. Além de dinamizar todas as Comunidades da Paróquia, nas Pastorais e na vivência religiosa, Pe. Moacir demonstrou seu tino de construtor, ali edificando, nesse breve tempo, na sede, um vasto Centro de Evangelização, ainda na sede da paróquia uma Capela velório, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus e Santos Anjos da Guarda, na cidade do Bugre a Ampliação da Igreja de São Sebastião e deixou com alvenaria pronta a Igreja de Santa Rita de Cássia e, na Paróquia toda, fez o término da construção de algumas Igrejas e ainda reformou várias capelas.

A construção do colossal Prédio

Finalização da primeira lage

Pe. Moacir tomou posse da Paróquia da Catedral, em janeiro de 2016, e, no dia 5 de março daquele ano, juntamente com Dom Emanuel, já realizava a bênção da pedra fundamental do Centro de Pastoral São João Batista. Na primeira quinzena de março, foi realizada a sondagem de solo pela Empresa KIK JR Construções e Fundações, de Manhuaçu. E, na segunda quinzena de maio de 2016, teve início a obra, com a perfuração dos tubulões, pela mesma Empresa.

Foi responsável pela obra a CIB Engenharia – Construtora Irmãos Boy. Foram-lhe dadas duas empreitadas: uma da alvenaria e outra dos serviços de acabamentos.

São mais de 1.500 m² de obras, em cinco andares. Consistem em: Uma recepção, duas cozinhas, dois refeitórios (um médio e um grande), uma sala administrativa, uma capela, um auditório, oito Salas de Catequese, vários banheiros, um elevador, sistema de prevenção de incêndio, duas escadarias.

A convite do Padre Moacir, todas as sextas-feiras, desde 22 de abril de 2016, eu celebro a Santa Missa na Catedral. Um dos Padres da Catedral celebra para mim, no Mosteiro das Monjas Concepcionistas, onde sou Capelão, no Bairro das Graças. No início, a Missa na Catedral era às 6h20. Este ano de 2018, passou a ser às 7 horas. Todas as sextas-feiras, após a Missa e o café, eu ia, com Pe. Moacir, visitar as obras do Centro de Pastoral. Quando ficaram prontos os cinco pavimentos, eram 100 degraus para subir e 100 para descer! Escorando aqui e ali, subia-os todos. E cada semana havia novidades na construção. Quando se instalou o Elevador, tudo ficou mais fácil.

Encerramento das obras e inaugurações

Auditório do Centro de Pastoral

Mesmo sem se encerrarem ainda as obras da construção do prédio, foi dada a bênção solene da Capela do Bom Pastor, no primeiro pavimento, dia 11 de agosto de 2018, pelo Pe. Ademílson Tadeu Quirino. Os paroquianos, alegres, enchiam a capela. Foram responsáveis pela Liturgia, os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão. Pe. Ademilson benzeu o Altar, a Cruz, a imagem do Bom Pastor, e, após a comunhão, antes de nele colocar o Santíssimo, benzeu o Sacrário e, em seguida, toda a Capela. Pe. Moacir e eu concelebramos com Pe. Ademílson,

E, dias 22-24 de agosto, foi celebrado um tríduo, para a inauguração do Centro de Pastoral São João Batista. O primeiro dia, 22 de agosto, quarta-feira, Missa celebrada pelo Pe. David José Gonçalves, ainda na Catedral. E, já com o prédio totalmente acabado, no Salão do 4º andar do Centro de Pastoral, celebrei eu, dia 23; e, dia 24, sexta-feira, Dom Emanuel encerrou o tríduo, dando-se por inaugurado o nosso Centro de Pastoral São João Batista!

No sábado, 25 de agosto, às 10 horas, foi realizado o primeiro casamento, de Tiago e Ana Paulo, na Capela Bom Pastor, e, no mesmo dia, o primeiro batizado, de Davi Cardoso.

Tempo de duração da obra: dois anos e três meses! Total do investimento foi de Um Milhão e Meio de Reais! Tudo com os Dízimos e Ofertas dos fiéis da Paróquia da Catedral São João Batista de Caratinga!

Deus seja louvado! Infinitas Ações de Graças a Ele e ao nosso Padroeiro, São João Batista! Eterna gratidão da Paróquia a todos os que colaboraram com o seu Dízimo, com sua Oferta, com seu trabalho, com seu incentivo, para que este nosso sonho se tornasse hoje uma bela realidade! E mil parabéns ao dinâmico e apostólico Pe. Moacir Ramos Nogueira! Te Deum laudamus!

Mons. Raul Motta de Oliveira – Pároco emérito da Catedral

Pe. Moacir, Mons. Raul e Pe. Agrimaldo